Depot

O depot hoje também é parte das novas tecnologias de liberação modificada de fármacos que trazem grandes benefícios para a saúde humana. Trata-se de uma forma farmacêutica que a liberação do fármaco é dada por um mecanismo químico de degradação das microesferas de PLGA que envolvem o fármaco.

O ácido poliláctico glicólico (PLGA) é um copolímero usado na indústria farmacêutica em terapias com liberação diferenciada do fármaco. As proporções de ácido láctico e ácido glicólico podem ser variadas, a mais usual na farmacêutica é PLGA 75:25.

O PLGA é um polímero biodragradável, com ele são formadas microesferas incluindo os ativos o tamanho destas e o tipo de PLGA utilizado determinará pro quantos dias o ativo será liberado no organismo devido a degradação do PLGA.

A liberação do medicamento na corrente sanguínea pode durar semanas com esta tecnologia o que aumenta a eficácia do mesmo já que temos adesão certa. Em nossa equipe temos pesquisadores com experiência em desenvolvimento de microesferas de PLGA de diversos fármacos. Possuímos equipamentos de síntese e de análise específica desta forma farmacêutica.

Atualmente existem alguns medicamento muito importantes no mercado que usam esta tecnologia como:
- Lupron depot (leuprolide): usado no tratamento de câncer de próstata e de útero.
- Clopixol depot (decanoato de zuclopentixol): tratamento de esquizofrenia.
- Androcur depot (acetato de ciproterona): usado no tratamento de câncer de próstata.

Pegilação